7.2.2 Análise crítica dos requisitos relacionados ao produto

Compartilhe

Siga-nos no Twiiter

Esse requisito na verdade é o complemento do requisito 7.2.1, basicamente o 7.2.1 define para ambas as partes os requisitos do produto, o 7.2.2 se verifica a capacidade de fornecimento da organização para com o pedido do cliente.

 

Vamos ao item:

 

A organização deve analisar criticamente os requisitos do produto. Está análise crítica deve ser realizada antes da organização assumir o compromisso de fornecer um produto para o cliente (por exemplo, apresentação de propostas, aceitação de contratos ou pedidos, aceitação de alterações em contratos ou pedidos) e deve assegurar que

 

a) os requisitos do produto estejam definidos,

     

As quantidades, os modelos, cor, prazos, normas aplicáveis e locais para entrega foram esclarecidos.

 

b) os requisitos de contrato ou de pedido que difiram daqueles previamente manifestados estejam resolvidos, e

     

Este caso, basicamente acontece quando o cliente faz uma solicitação e por algum motivo, seja ele legal ou necessário para o produto, a organização faz as ressalvas esclarecendo que da forma solicitada pelo cliente pode gerar alguma risco, infligir alguma lei, meio ambiente, etc.

 

a) organização tenha a capacidade para atender aos requisitos definidos.

     

Resolvido os requisitos, a organização tem que verificar a sua capacidade de fornecimento,  normalmente essa etapa é realizada com as áreas de suprimentos e de produção. Existem MP´s disponíveis o suficiente, mão de obra, máquina, logística favorável para entrega, é nesse momento que o pedido passa a ser aceito pela organização, essa análise se faz de extrema importância, pois a partir dela nasce a programação de produção, reposição de estoque e contagem do prazo para entrega lá no cliente.

 

Devem ser mantidos registros dos resultados da análise crítica e das ações resultantes da análise crítica (ver 4.2.4).

 

Essa parte do registro se faz necessário para se evidenciar tudo que foi requisitado, quais os prazos propostos.

 

Quando o cliente não fornecer uma declaração documentada dos requisitos, a organização deve confirmar os requisitos do cliente antes da aceitação.

 

Normalmente acontece quando se realiza compras pela Internet ou telefone, onde uma análise crítica formal se torna inviável, nesses casos as especificações dos produtos aparecem em catálogos ou nas páginas eletrônicas e o próprio site também já informa os prazos e quantidades disponíveis, ficando para o cliente confirmar a compra.

 

Quando os requisitos do produto forem alterados, a organização deve assegurar que os documentos pertinentes sejam revisados e que o pessoal pertinente seja conscientizado sobre os requisitos alterados.

 

Após o aceite e todos os itens fechados, existindo nova solicitação pelo cliente, a exemplo de alteração de quantidades para o mesmo produto e período, a organização deve fazer nova análise e verificar se tem ou não condições de complementar o pedido anterior do cliente.

 

Essa nova análise também deve ser registrada, normalmente também é feita em conjunto com as áreas de suprimentos e produção, para que a programação seja atualizada bem como o estoque.

 

Acontecendo o contrário, a organização também deverá informar o cliente, para que o mesmo fique não prejudicado, exemplificando: O cliente solicitou 200 peças para um determinado dia, durante a fabricação aconteceu algum problema, impedindo assim de se entregar o acordado, nesses casos à organização deve renegociar com o cliente a quantidade que pode ser entregue naquele período e quando poderá entregar o saldo, mais lembrem-se, tudo deve estar registrado.




Armédio Nery da Silva Armédio Nery da Silva  /  Site do autor  /  Iso 9001  / Data: 24/08/2009  / Views: 8.090 / Mais artigos deste colunista

...