Como se inscrever em cursos gratuitos no Paraná

As inscrições SENAC Paraná 2019 estão abertas pelo site www.pr.senac.br/ para cursos gratuitos no SENAC Curitiba 2019, SENAC Maringá, SENAC Cascavel e mais cidades do Paraná através do Programa Senac Gratuidade ( PSG) com 20 mil vagas disponíveis para diversos cursos de Aprendizagem e cursos técnicos gratuitos para alunos de baixa renda.

O recurso oferecido pelo SENAC Paraná PSG, é para ajudar as pessoas que não têm condições de pagar um curso, desta forma os cidadãos que residem no estado serão beneficiados e poderão se profissionalizar na área que mais gostar.

Para participar do processo seletivo, o candidato precisa preencher atentamente a ficha de inscrição dentro do prazo e atender os requisitos exigidos para processo seletivo: possuir renda per capta de até dois salários mínimos; estudantes ou egressos do Ensino Fundamental ou Ensino Médio; trabalhadores empregados ou desempregados e atender os pré-requisitos solicitados para o curso escolhido.

Os cursos ofertados pelo PSG, estão espalhados em 36 unidades no estado do Paraná, para participar do processo seletivo, entre no site e faça sua inscrições www.pr.senac.br/psg/

Confira os cursos 2019 ofertados pelo Senac Paraná:

  • Curso Técnico Enfermagem grátis 2019 no Senac Maringa, Pato Branco e Umuarama;
  • Curso de Cabeleireiro gratuito no Senac Campo Mourão, Apucarana, Colombo e mais;
  • Curso de Confeitaria grátis em Curitiba 2019, Umuarama e Senac Toledo e mais;
  • Curso de Inglês grátis no Senac Castro PR.
  • Entre outras muitas opções de cursos!

As cidades disponíveis para os cursos são: Cascavel, Curitiba, Foz do Iguaçu, Guarapuava, Irati, Maringá, Teixeira Soares, Toledo e Umuarama. Para mais informações, acesse: <a www.pr.senac.br.

Polícia investiga suspensão de multas no Detran

No Brasil, o Governo divide suas obrigações em departamentos, a fim de facilitar principalmente a administração disponibilizando assim melhores serviços e auxílios para a população. Tal divisão já é preceito constitucional, previsto inclusive na Constituição Federal atual de nosso país, que é a CF/88.

Nesta divisão, o órgão responsável pelo trânsito no território brasileiro é o Departamento Nacional de Trânsito, conhecido pela simples sigla DETRAN. Por cuidar de um território muito extenso, o DETRAN também é dividido, neste caso em jurisdições, mais precisamente em Estados, sendo cada um responsável pela criação e atuação de suas leis.

O DETRAN está sempre atento ao Licenciamento Rio de Janeiro, pois caso você não esteja com o pagamento do mesmo em dia, estará com o seu veículo ilegal e não poderá percorrer pelas rodovias do país.

É como se fosse uma grande ramificação para que a finalidade das leis consiga ser atingidas. No Distrito Federal, uma das unidades federativas do Brasil onde se localiza a capital do país, Brasília, o órgão responsável por sua Jurisdição no trânsito do Estado é o DETRAN-DF.

O órgão tem como principal missão promover um trânsito seguro e civilizado, fazendo com que pedestres, motociclistas, motoristas, enfim, todos coabitem num mesmo espaço em segurança, sempre atendendo para o lado da educação no trânsito. Com isso, o DETRAN busca sempre ser reconhecido pela excelência no atendimento e prestação de serviços.

Para atender a população residente no estado, o Detran Distrito Federal conta com postos de atendimento nas cidades de Taguatinga, Paranoá, Brazilândia, Planaltina, Gama, Sobradinho. Além disso, o departamento ainda disponibiliza postos conhecidos como “Na Hora”, oferecidos em outras 5 cidades. A sede do órgão está localizada no endereço Via Ia Um, Bloco B, Edifício Sede do Detran, Brasília-DF – CEP: 71200-010 e funciona das 7:15h a 18:15h, havendo talvez a necessidade de um agendamento de horário para o atendimento.

O telefone para contato é o (61) 3343-5220. É importante que todo cidadão, seja ele pedestre ou motorista, entre em contato com o DETRAN sempre que surgir alguma dúvida. Para viabilizar um atendimento mais rápido e facilitado, o Departamento de Trânsito do Distrito Federal, possui um endereço eletrônico, onde é possível encontrar todos os tipos de informações necessárias sobre os serviços prestados pelo departamento, além de consultas referentes aos documentos como CNH, impostos como o IPVA, DPVAT e Licenciamento, além de situações de veículos emplacados no Distrito Federal.

Para acessar o site oficial, basta entrar no endereço eletrônico www.detran.df.gov.br, lá a mesma gama de informação estará disponível para que tenha todas as suas dúvidas sanadas, além de ser um veículo de informação muito mais rápido, prático e preciso. Muitas das suas dúvidas são sanadas ali mesmo, não tendo a necessidade de sair de casa para resolver os seus problemas.

Oportunidade de Concluir os Estudos

Com o EJA Supletivo 2019, você tem a oportunidade de concluir o ensino fundamental ou médio. Saiba como se inscrever no EJA Supletivo 2019 e volte a estudar para conquistar seu diploma. Confira aqui as instruções certas de como iniciar seus estudos!

Outra opção para que você possa conquistar seu diploma e concluir seus estudos é o Encceja, entenda melhor sobre o programa abaixo.

EJA Supletivo 2019

A Educação de Jovens e Adultos (EJA) é uma modalidade de ensino que proporciona oportunidades para jovens e adultos, que por algum motivo, não conseguiram concluir o ensino fundamental ou médio da forma tradicional.

As aulas são no período da noite, na maioria das instituições. São duas formas de estudo do EJA: na modalidade presencial, onde o aluno frequenta de segunda a sexta a instituição de ensino; ou na modalidade de ensino a distância (EAD), onde o aluno estuda pela internet e vai à instituição apenas para realizar as provas.

O método de ensino é próprio para adultos e jovens, assim, proporcionando um melhor entendimento ao assunto estudado. O EJA é um grande estimulador de futuros, trazendo de volta a chance de estudar em uma sala de aula e poder conquistar o diploma, assim como no ENEM 2019, independente de idade ou qualquer outra coisa.

São 4 anos para obter o certificado do Ensino Fundamental (1º ao 8º ano), caso o aluno não tenha estudado nenhuma série, e para o Ensino Médio são 1 ano e meio, a metade do tempo que se leva no ensino regular, que é a forma tradicional.

Se você deseja obter o diploma do ensino fundamental e médio, pode participar também do Encceja, para ter todas as informações do programa, ver o edital, resultado e até mesmo se inscrever, é preciso entender sobre a página do participante.

Quem pode fazer o EJA Supletivo 2019?

Para estudar fazer o EJA Supletivo 2019 é preciso ter uma idade mínima de acordo com cada nível de estudo. Confira:

  • Ensino Fundamental: O aluno deve ter no mínimo 15 anos
  • Ensino Médio: Deve ter mais de 18 anos

Se você está na idade acima da categoria que você deseja estudar no EJA Supletivo 2019 pode se inscrever. Confira a seguir como e onde se inscrever para começar a estudar!

Governo faz Reajustes de Valores em Programas Sociais

No início de todo ano, o Governo Federal faz um reajuste no valor do Bolsa Família, levando em conta o aumento do salário mínimo. Por isso, algumas dúvidas surgem sobre os valores do Bolsa Família 2019, principalmente para os recém cadastrados.

O Bolsa Família é um programa criado pelo Governo Federal e controlado pelo MDS (Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome), o mesmo tem ajudado a milhares de famílias brasileiras que vivem na pobreza ou extrema pobreza. Já são mais de 14 milhões de famílias beneficiadas, cerca de 50 milhões de pessoas atendidas com o dinheiro do Bolsa Família.

Tipos de Benefícios Bolsa Família

O benefício do Bolsa Família é pago de acordo com o perfil de cada família, afinal, as necessidades são diferentes para cada uma, por isso, vamos entender um pouco sobre os tipos de benefícios do Bolsa Família.

Valor do Bolsa Família Básico

O Bolsa Família Básico é concedido as famílias muito carentes, cuja renda per capita seja de até R$ 77,00 mensais, famílias que se enquadram no plano básico do programa são bastante pobres e dependem do benefício do Bolsa Família para sobreviver. O valor do Bolsa Família no modo básico é de R$ 77,00 por mês.

Valor do Bolsa Família Variável à Gestante

O Bolsa Família variável à gestante é concedido para as famílias que possuem pelo menos uma mulher grávida, a família da gestante recebe o benefício por 9 meses, contando a partir do início do pagamento. O valor do Bolsa Família variável à gestante é de R$ 35,00 por mês.

Valor do Bolsa Família Variável de 0 a 15 anos

O Bolsa Família variável de 0 a 15 anos é concedido exclusivamente para as famílias que possuem crianças ou adolescentes com faixa etária entre 0 e 15 anos. O limite é de até 3 crianças e 2 adolescentes por família, e o valor do Bolsa Família variável de 0 a 15 anos é de R$ 35,00 mensais por cada criança ou adolescente.

Valor do Bolsa Família Variável Nutriz

O Bolsa Família variável nutriz é um auxílio do Governo para as famílias que possuem crianças entre 0 e 6 meses, limitado para até 5 crianças por família. O pagamento do benefício é de 6 parcelas mensais que são contadas a partir do pagamento da primeira parcela do benefício. O valor do Bolsa Família variável nutriz é de R$ 35,00 por mês para cada criança.

Valor do Bolsa Família Variável Vinculado ao Adolescente

O benefício do Bolsa Família variável vinculado ao adolescente é destinado as famílias que possuem adolescente na faixa etária entre 16 e 17 anos. Além disso, o benefício é limitado para até 2 adolescente por família, o valor do Bolsa Família variável vinculado ao adolescente é de R$ 42,00 mensais por cada adolescente.

Valor do Bolsa Família para Superação de Extrema Pobreza

Esse tipo de benefício do Bolsa Família é exclusivo para famílias que ainda vivem em situação de extrema pobreza, ou seja, com renda per capita de até R$ 77,00. Mesmo que estas famílias já tenham recebido outra variável do benefício, como o modelo básico do programa. O valor do Bolsa Família para superação de extrema pobreza é avaliado e calculado conforme cada caso, tudo para assegurar que essas famílias consigam sair dessa situação de extrema pobreza.

Reajuste Valor do Bolsa Família 2019

No início do ano de 2015 o benefício do Bolsa Família teve um reajuste de 10%, passando de R$ 70,00 para R$ 77,00 mensais. O reajuste de 2019 ainda não irá entrar em vigor, pois o mesmo foi vetado pela presidente Dilma Roussef, devido à crise econômica do país.

Data de Pagamento Bolsa Família 2019

Independente de qual seja o tipo do benefício que você está cadastrado, a data para o saque do Bolsa Família segue de acordo com o calendário Bolsa Família 2019, que é controlado pelo MDS (Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome) e válido para todas as variáveis do programa.

Direito Concedido aos Trabalhadores

O PIS é um Abono salarial concedido aos trabalhadores. Em 2019, o valor será de um salário mínimo, R$ 954,00, porém, a partir das novas normas, quem for receber o PIS em 2016, referente a 2019, terá um valor reduzido, proporcional ao tempo trabalhado.

Quem tem direito de receber o PIS 2019 são os trabalhadores cadastrados nele há, no mínimo, cinco anos; que receberam, em média, no máximo dois salários mínimos durante o ano de 2014 e que tiveram carteira assinada ou nomeação para cargo público por, pelo menos, 30 dias, consecutivos ou não, em 2014.

Além disso, para receber o PIS, também é importante ter sido informado na Relação Anual de Informações Sociais e encaminhado ao Ministério do Trabalho, tarefa que cabe ao empregador. Se você preenche esses requisitos, poderá sacar o seu PIS. Para receber o PIS no ano que vem, referente a 2019, mais uma mudança: só vai ter direito quem tiver trabalhado com carteira assinada por pelo menos seis meses contínuos nesse ano.

Tabela de Pagamento

O pagamento do PIS referente ao ano de 2019 começa na segunda metade de julho desse ano e vai até o mês de junho de 2016. Normalmente, quem nasce entre julho e setembro recebe a partir de julho; de outubro a dezembro, a partir de agosto; de janeiro a março, a partir de setembro e de abril a junho, a partir de outubro. Quem tem conta na Caixa Econômica Federal, tem um calendário diferente. Para conferir a data de seu pagamento, confira a tabela do PIS.

Como Sacar o PIS 2019

Para sacar o valor do PIS, existem três formas: na conta bancária, no caso dos trabalhadores que já possuam conta na Caixa ou no Banco do Brasil; na folha de pagamento, quando a empresa tem convênio com o PIS e; e por meio de saque na Caixa – lembrando que, para sacar o PIS nos caixas da Caixa Econômica Federal, é preciso levar um documento de identificação, número do PIS e CTPS.

Resumidamente, quem recebe o PIS esse ano, segue as regras antigas, mas, a partir do ano que vem, entram em vigor as novas normas que alteram o valor do benefício e quem tem direito a ele. Verifique o calendário de pagamentos.