ISO 9001 para iniciantes

Publicado em: 29/05/2012


Compartilhe



A ISO 9001 é um Sistema de Gestão de Qualidade (SGQ) que exige que uma dada organização satisfaça as suas próprias exigências e as dos seus clientes e reguladores.

Baseia-se numa metodologia plan-do-check-act (planejar, fazer, verificar e agir) que ajuda as organizações a criarem, implementarem, monitorarem e medirem os seus próprios processos de forma a obterem resultados que se enquadrem no âmbito das exigências da organização e simultaneamente melhorarem continuamente a performance, adaptando a ação mais apropriada.

A ISO 9001 é constituída por oito tópicos: âmbito, referência normativa, termos e definições, sistema de gestão da qualidade, responsabilidade de gestão, gestão de recursos, realização e medição do produto, análise e melhoria. Os três primeiros itens fornecem informações gerais sobre a norma, enquanto os cinco últimos centram-se na sua implementação.

I – âmbito: define que a organização necessita corresponder às exigências dos clientes e requisitos normativos, e, garante que os seus funcionários seguem as suas políticas e procedimentos, enquanto implementam a qualidade através da melhoria contínua.

II – referência normativa: fornece referências normativas – que estão em conformidade com as normas relacionadas com a ISO 9001.

III – termos e definições: define os termos utilizados na norma e indica as diferenças entre a versão de 200 e a de 1994.

IV – sistema de gestão de qualidade: descreve os requisitos gerais, que englobam todas as atividades de documentação do manual da qualidade e controle de documentos e registros para determinar a seqüência e interação dos processos de implementação de ações que permitam alcançar os resultados pleiteados.

V – responsabilidade de gestão: exige o compromisso da gestão para com o SGQ e explica que a administração deve estar orientada e dedicada para os produtos da organização, clientes e processos de planificação e revisão.

VI – gestão de recursos: fornece os critérios necessários para desempenhar uma dada tarefa de forma competente e um ambiente seguro. Neste item discutem-se os recursos humanos, o planejamento de infra-estrutura e o ambiente de trabalho. Uma perspectiva prática sobre uma das mais populares normas mundiais.

VII – realização do produto: define os passos inerentes ao desenvolvimento do produto. Estes passos incluem tudo, desde a fase de concepção inicial, até a fase final da entrega. Por exemplo: planejamento de realização do produto, processos relacionados com o cliente, concepção e desenvolvimento, processo de compra do produto, produção e prestação de serviços e o controle das unidades de monitoração e de medição.

VIII – medição, análise e melhoria: centra-se na medição, análise e melhoria do SGQ, fazendo com que as empresas executem auditorias internas periódicas, monitorizando o grau de satisfação dos clientes, controlando a não conformidade do produto, analisando os dados e adaptando ações preventivas e corretivas.

VANTAGENS

Entre as muitas vantagens da ISO 9001, três pontos são os mais significativos:

  • Proporciona uma estrutura de trabalho para um SGQ bem organizado;
  • Cria clientes, gestores e funcionários mais satisfeitos;
  • Ajuda a melhoria contínua das empresas.

A certificação ISO 9001 autentica os elevados padrões de qualidade de uma organização. Além de beneficiar os funcionários, beneficia também a própria organização, ao organizar e ordenar os seus processos. Não só proporciona uma flexibilidade de critérios, como também permite que a organização monitore e aumente a eficiência dos seus processos.